Notice: Constant DISABLE_WP_CRON already defined in /var/www/visionoftalmo/wp-config.php on line 139
Cirurgia da Catarata – Vision Oftalmo

Cirurgia da Catarata

By 23 de outubro de 2018Cirurgias

O que é a catarata?

– Catarata é o nome que se dá à perda da transparência do cristalino

– O cristalino é uma lente semelhante a uma lente de óculos em miniatura que se encontra no interior no olho. Ele tem um poder de convergir a luz equivalente a 20 graus ou dioptrias e tem  a finalidade, juntamente com as demais lentes do olho, de condensar a luz que vem do ambiente e projetá-la na retina, a camada de fibras nervosas do olho, gerando assim a formação da imagem.

– Quando ocorre a opacificação do cristalino,   a luz encontra uma barreira para atingir a retina e a imagem perde nitidez. Os pacientes freqüentemente referem imagem embaçada, como se houvesse uma neblina ou nuvem dificultando a visão. Esta dificuldade visual não pode ser resolvida com o uso de óculos ou tratamento clínico, sendo necessária cirurgia (facoemulsificação do cristalino ) para retirar do olho a lente opaca e introduzir no lugar uma lente artificial, de um material biocompatível e permanente, a lente intra-ocular(LIO).

Quando está indicada a cirurgia da catarata?

– Será indicada a cirurgia se o paciente tiver o cristalino com diminuição da transparência ao exame oftalmológico e quando perceber uma queda na acuidade visual que não melhora com os óculos. O paciente vê uma imagem que se parece com neblina atrapalhando a visão.

Como é a cirurgia da catarata?

– A cirurgia da catarata (faço-emulsificação) é uma  técnica moderna  que utiliza a energia do ultrassom para triturar o cristalino opaco, que assim poderá ser aspirado através de uma incisão milimétrica. Após a retirada do cristalino, ele é substituído por uma lente intra-ocular transparente.

– O procedimento é feito com anestesia local (colírios) e sedação e dura poucos minutos.

Lentra Intra-ocular

Eu vou precisar de óculos após a cirurgia?

O poder da  lente intra-ocular é calculado para que o grau de longe seja o menor possível. Se o paciente optar por uma lente monofocal, usará óculos para perto. Caso contrário poderá optar por lentes que lhe permitam ver de longe e perto. Para algumas atividades, independente do tipo de lente que escolher, poderá haver necessidade de uso de óculos.

Leave a Reply